sexta-feira, 20 de maio de 2011

(D&D 4) Diário de Campanha – Scales of War – Aventura 6: Além da Torre Mosqueada – PARTE 1


Olá Mestres e jogadores de D&D 4ª Edição.

Estamos aqui novamente dano continuidade a nossa nova campanha de Dungeons & Dragons 4E: a Scales of Wars.






=== SINOPSE DE ALÉM DA TORRE MOSQUEADA ===

Nesta aventura, os PdJs recebem uma urgente convocação do Conselho de Anciões de Overlook em nome de Megan Swiftblade, líder dos Cavaleiros da Liberdade. Atendendo ao chamado, os PdJs testemunham a destruição próxima à vila de Talar. Revelações subsequentes os movem para uma perigosa caçada aos responsáveis, antes que todo o Vale Elsir sofra o mesmo destino.

=== OS HERÓIS ===

  • Faber Castell, feral dente-alongado paladino de Pelor (Filho da Misericórdi) – jogador  Rafael;
  • Lúcios, humano mago (sabotador hermético) – jogador Clayton;
  • Jhon, kalashtar paladino de Pelor (hospitalário) – jogador Ramon;
  • Cygnus X-1, forjado bélico guerreiro – jogador Delmiro;
  • Durepox, anão artífice (engenheiro de batalha) – jogador Pit

Nível Atual do Grupo: 11

======A MISSÃO======

Os heróis são enviados pelo Conselho dos Anciões de Overlook até o vilarejo de Talar para se encontrarem com Megan Swiftblade líder dos Cavaleiros da Liberdade, que se escondeu ali após sofrer diversas tentativas de assassinato. Caso os heróis a livrem de seu problema, ela fornecerá o nome de uma pessoa que estava por trás dos planos do General Zithruun que comandou o ataque à Overlook, que os heróis acham que seria Sarshan. Porém algo de muito estranho ataca a cidade logo na primeira noite em que os aventureiros permanecem em Talar.

======OS ENCONTROS======

  1. Desafio de Perícias 1 – As Paredes Estão Caindo: A primeira coisa que fazem ao chegarem ao vilarejo de Talar é se acomodarem em uma estalagem local chamada O Dragão Verde. Enquanto conversavam com os populares locais toda a estalagem foi atingida por um violento tremor e aos poucos ameaçava desmoronar. Os heróis se mobilizaram para salvar todos que lá estavam antes que a estalagem venha toda abaixo.
  1. Encontro 1 – Morte Fluente: Ao escaparem a tempo do desmoronamento os heróis percebem que tal tremor afetou todo o vilarejo de Talar, e que, além disso, uma gigantesca onda de um musgo flamejante semelhante a lava e sangue engole a cidade aos poucos vinda de uma torre mosqueada  localizada no alto de um morro. Tal musgo não é a única ameaça, algumas criaturas bizarras e flamejantes se erguem do musgo e avançam em direção do vilarejo a fim de causar mais destruição. Os heróis não apenas tentam detê-los mas também resgatar uma mulher grávida que teve sua carroça cercada pelo musgo flamejante e em pouco tempo a engolirá.
  1. Criaturas de Caos Atacam o vilarejo.
    Detalhe para a Maçã representando um monstro
    Mulher grávida em perigo
    Os monstros se põe entre a mulher e os heróis
    O forjado bélico abre caminho, porém o Caos Sanguíneo bloqueia seu caminho
    Mas para quem é treinado em Atletismo, isso é sussa
    A bolha se aproxima para atrapalhar
  2. Encontro 2 – Libertos: Após derrotarem as criaturas, os heróis presenciam a torre mosqueada afundando no morro enquanto duas pessoas em seu interior saem pelo telhado para se salvarem. Ao investigarem, descobrem que uma dessas pessoas é Megan Swiftblade¸a pessoa que estavam atrás. Antes de falarem qualquer coisa, ela pede para que os heróis salvem um homem chamado Falrinth proprietário da torre que ficou lá embaixo. Os heróis então entram na torre pelo telhado e chegam a uma sala onde umas criaturas , 2 grimlocks, 2 mezodemônios e 1 corrompido escaparam de suas jaulas e agora, sedentos por vingança, atacam os PJs .
    Entrando na Torre Mosqueada
    Monstros escaparam de suas jaulas!
    Os monstros rapidamente tentam devorar os heróis.
    Combatendo os Mezzodemônios
    Porém não há nada que faça os heróis temer
  1. Encontro 3 – Cavernas do Caos Sanguíneo: Ao encontrarem o velho Falrinth, ele avisa (de modo não muito agradável) que os responsáveis pelo afundamento da torre mosqueada e da liberação do musgo flamejante (que ele o chama de Caos Sanguíneo) por Talar ainda se encontram na torre e aponta um buraco no chão por onde escaparam. O buraco levava até uma caverna antiga onde algumas comportas (agora abertas) liberavam o Caos Sanguíneo para fora. Alguns trogloditas protegiam 2 githyankis e uma bruxa shadar-kai enquanto estes realizavam um ritual para fugirem dali. Os heróis então se apressam para detê-los.
    As cavernas do Caos Sanguíneo, a fonte do problema.
    Os heróis, contudo, não estão sós
    Os responsáveis pela liberação do Caos Sanguíneo no vilarejo.
    Inimiga mortal, esta bruxa shadar-kai dá MUITO trabalho aos heróis
======MINHAS OBSERVAÇÕES======

  • Apesar desta aventura ser a 1ª do estágio exemplar, ela na verdade serve para fechar os acontecimentos da parte heróica da campanha Scales of War. Em Além da Torre Mosqueada, os heróis finalmente enfrentarão Sarshan, o shadar-kai militarista e vilão do arco heróico.
  • Nesta aventura também entraram 2 novos personagens. O anão artífice Durepox, que entrou para substituir a anã sacerdotisa rúnica Pampina pois sua jogadora, a Bolota tinha saído, e o githzerai patrulheiro Greth.
  • Com a entrada de Greth, o grupo agora ficavam com 6 membros.
  • Greth foi introduzido em Talar e se uniu ao grupo para se vingar dos responsáveis pela destruição do vilarejo em que estava morando. Porém, em seu histórico, avisei que ele seria nativo de Akma’ad, uma cidade de githzerais, que apesar de seu jogador, Bruno, não saber, seu personagem será vital para a próxima aventura.
  • O objetivo dos PJs na aventura, era descobrir o nome da pessoa que ajudou o Genaral Zithruun na invasão a Overlook cujo seria revelado por Megan Swiftblade caso os PJs cuidem dos responsáveis pelas tentativas de assassinato que ela sofreu. Mas a esta altura os PJs imediatamente já desconfiaram (ou melhor, tiveram certeza) que se tratava de Sarshan.
  • Lembrando que, quando seus jogadores lembram do nome dos NPCs, quer dizer que as coisas estão indo bem.
  • Megan Swiftblade e seu grupo aliado, os Cavaleiros da Liverdade, apareceu rapidamente nas aventuras anteriores Cerco a Fortaleza Bordrin e em O Templo do Meio (nesta última não na minha campanha).
  • Esta aventura por algum motivo não possui uma lista de tesouros como nas outras aventuras, pesquisando pela net achei um site (em inglês) muito bom sobre a Scales of War e nele seu autor disponibilizou uma lista de tesouros. Para ver o site clique AQUI, para ver a lista de tesouros desta aventura, clique AQUI.
  • Assim como aconteceu no final da aventura passada, dessa vez tivemos outra experiência que mostraria que os personagens são chamados de heróis não apenas por derrotar monstros, mas também por salvar vidas arriscando as suas. O desafio de perícias na estalagem do Dragão Verde demonstrou isso mais uma vez. Os heróis poderiam simplesmente escapar da estalagem, mas não poderiam fazer isso quando há pessoas para serem salvas o negócio muda de figura.
  • O primeiro combate da aventura envolvia um grande número de lacaios o que vez do combate um pouco fácil, a criatura que mais poderia dar trabalho era uma enorme bolha de carne flamejante que atacava com seus tentáculos há distância, e para alcançá-la, os heróis precisariam entrar no fluxo de caos sanguíneo que escorria pelo cenário.
  • Porém, os heróis encontraram uma brecha e conseguiram facilmente derrotar a gigantesca bolha. Na verdade ela caiu com poucos golpes do feral paladino Faber Castell.
  • Outro fator interessante aliás é que além de enfrentar as criaturas, os heróis tinham que salvara uma mulher grávida que ficou cercada pelo Caos Sanguíneo e que seria consumida por ele em poucas rodadas. Quem a salvou foi o forjado bélico guerreiro Cygnus X-1 que o fez de modo bastante heróico.
  • Foi neste combate aliás, que apareceu a primeira criatura de tamanho Enorme (Huge) da campanha (e que foi representada por uma maçã, hehehe).
  • O combate na torre contra as criaturas que escaparam foi bastante simples, um combate normal sem muitas novidades. A única estranheza pra mim aqui foi que novamente apareceram mezodemônios, que apareceram antes na aventura As Minas Perdidas de Karak, porém lá, eles eram de tamanho Grande (e por algum motivo chamados de mezodemônio menores), mas aqui eles reapareceram de tamanho Médio.
  • O combate final dessa primeira parte, contra os githyankis e a bruxa shadar-kai foi MUITO mortífero. O grupo chegou a acreditar que iria acabar em TPK. A bruxa tinhas muitas defesas, e sua aura de escuridão simplesmente inutilizou o mago e um pouco do artífice. O combate foi muito demorado e difícil. Mas com o tempo, ela foi derrotada após MUITO esforço.
  • Porém as coisas ainda não terminavam por aqui, os heróis mesmos no limite entre a vida e a morte ainda tinham que fechar as comportas que liberavam o Caos Sanguíneo no vilarejo. Mas conseguiram fazendo e sobreviveram por muito pouco, parabéns para eles.
E assim termina a primeira parte desta primeira aventura do estágio exemplar. Na próxima parte, a caçada final contra Sarshan começará.

Até a próxima pessoal.

RPG.Blogs

4 comentários:

  1. Parabens para os herois pelo combate dificil. E um parabens especial ao delmiro, por seu resgate heroico. :D

    ResponderExcluir
  2. Olá...sou jogadora de RPG e adoro o seu site, sempre q posso dou uma olhadinha pra ver as novidades.
    Tenho uma duvida, como você faz esses mapas??
    Pois ficam incriveis...
    valew a atenção...
    Muuitos sucessos decisivos ae!!! XD

    ResponderExcluir
  3. Oi anônima. Os mapas são das próprias aventuras, que vieram em algumas Dungeon Magazines passadas. Eu apenas ampliei para o tamanho normal (cada quadrado equivalente a 2,5 cm) e imprimi.

    ResponderExcluir
  4. Flubert cetro negro arunsun25 de junho de 2011 12:41

    sim legal mas qualsao as dungeons magazinesque vc tirou os mapas ?????????????????????????? agradeço a vcs continuem tendo essas excelentes ideias

    ResponderExcluir